Área Reservada

Para mais de 3000 jovens, saúde sexual e reprodutiva deixou de ser tabu!

Quinta, 27 Junho 2013 13:50

Durante três anos o trabalho com os jovens de La Unión, em El Salvador, foi intenso. Três mil jovens e adolescentes receberam informação e formação em temáticas que eram consideradas tabu até esse momento como a prevenção e direitos no que toca à saúde sexual e reprodutiva.

O projecto "Prevenção em Saúde Sexual e Reprodutiva de Adolescentes e Jovens no Município de La Unión" foi oficialmente encerrado e os resultados não poderiam ser mais positivos. A organização e participação juvenil era uma das grandes apostas e é gratificante verificar que não só do projecto resultou a formação e legalização da Rede Juvenil Golfo de Fonseca, como também os jovens beneficiários se tornaram multiplicadores deste projecto. Esta tem sido uma experiência bastante gratificante, quer pela capacidade dos jovens transmitirem o conhecimento a outros jovens, quer pela resposta positiva que estes têm tido, com muito interesse nas temáticas e com a adesão à Rede Juvenil.

 

La Unión é uma área vulnerável a alta incidência de prostituição, exploração sexual (incluindo de menores) e tráfico de seres humanos. Nesta zona, 42% das mulheres é mãe antes dos 20 anos e 40% das primeiras gravidezes não são planeadas, o que dá origem ao abandono escolar ou à não reintegração no trabalho.

 

Este foi um projeto que fez importantes contribuições para a juventude e para a população em geral do município. Foi criada a Oficina Municipal de Informação em Saúde Sexual e Reprodutiva, com serviços de informação e aconselhamento para adolescentes e jovens, foi fortalecida a capacidade municipal relacionada com as problemáticas de saúde sexual e reprodutiva e ainda melhorada a tomada de consciência, atitudes e comportamentos em relação a estas temáticas. No total, foram beneficiadas mais de 30 mil pessoas.

 

Uma nova etapa!

 

A cerimónia oficial de encerramento do projecto contou com a participação de alguns dos centros educativos que fizeram parte do desenvolvimento do mesmo. Os jovens e adolescentes participaram através de um festival cultural com danças, música e teatro, com participação de jovens de outros municípios de San Salvador.

 

Estiveram presentes representantes das instituições que apoiaram o desenvolvimento do projeto - Ministério da Saúde, Ministério da Educação, Instituto Salvadorenho para o Desenvolvimento da Mulher (Instituto Salvadoreño para el Desarrollo de la Mujer ISDEMU) -; Yolanda Cativo, representante da União Europeia; Miguel Lasfuentes, representante da Oikos; Elba Alvarado, Representante da Funsalprodese; Xiomara Rivas, Directora Executiva de Funsalprodese; Gerardo Lombardi, Presidente da "Asociación Latinoamericana de Educación Radiofónica ALER" e Leonel Herrera, Diretor da "Asociación de Radios y Programas Participativos de El Salvador ARPAS". 

jovensemaccao3

Nesta actividade foi ainda inaugurada outra importante herança do projeto – a emissora juvenil Rádio Fonseca "A voz juvenil do Golfo" –, que pretende ser uma das principais referências em informação e formação para a juventude de La Union.

 

O evento marcou o encerramento de três anos de trabalho direto com esta temática. No entanto, agora é iniciada uma nova etapa, onde os jovens e as instituições envolvidas estão encarregues de continuar as ações que o projeto realizou em benefício da juventude.

 

Este projecto foi implementado em conjunto com a FUNSALPRODESE, parceira estratégica da Oikos em El Salvador.

Consulte o Projecto:

Financiadores

  

A Oikos no Mundo

Trabalhamos com comunidades de regiões e países mais pobres, promovendo a saúde pública, alimentação, água, saneamento e educação.

Onde estamos...
Onde estivemos...
 

Siga-nos

 

Participe em Ações e Eventos

Janeiro 2019
D 2a 3a 4a 5a 6a S
30 31 1 2 3 4 5
6 7 8 9 10 11 12
13 14 15 16 17 18 19
20 21 22 23 24 25 26
27 28 29 30 31 1 2