OIKOS - Cooperação e Desenvolvimento menu menu

PROMOTOR

ORGANISMO INTERMÉDIO DE GESTÃO

OIKOS - Cooperação e Desenvolvimento CIG - Comissão para a Cidadania e Igualdade de Género

PROJETOS

FINANCIADOS POR

Projetos (es)forçadas e (des)iguais e mãos (re)forçadas POPH - Programa Operacional Potencial Humano QREN - Quadro de Referência Estratégico Nacional Governo da República Portuguesa União Europeia - Fundo Social Europeu

PROJETO

COFINANCIADO POR

menu

II
A OIKOS CONTRA O TRÁFICO
DE SERES HUMANOS


I A OIKOS iniciou o seu trabalho nesta área em 2004, com o projeto Mãos (es)Forçadas e mantém-se permanentemente ativa na defesa dos direitos das vítimas, nomeadamente através da sua participação na Rede Nacional de Apoio e Proteção às Vítimas de Tráfico e também na Rede Regional do Norte de Apoio e Proteção a Vítimas de Tráfico de Seres Humanos.


Desde 2010, esta intervenção foi assumida de forma mais direta pela delegação Norte da organização, que tem implementado projetos específicos com o objetivo de sensibilizar, (in)formar e mobilizar a população em torno dos fenómenos do tráfico de pessoas, da discriminação e da exploração laboral. Foi o caso dos projetos (Es)Forçadas e (Des)Iguais e Mãos (Re)Forçadas, já findos.


Atualmente, encontra-se em curso o projeto (In)Forma-te sobre o Tráfico de Seres Humanos e Exploração Laboral, que tem como propósito central reforçar o papel ativo da sociedade civil, em especial dos jovens, das entidades educativas e das associações juvenis do Distrito de Braga na prevenção do tráfico de seres humanos e da exploração laboral.

menu

II
A OIKOS CONTRA O TRÁFICO
DE SERES HUMANOS


OBJETIVOS GERAIS


I Através de uma metodologia de ação descentralizada, assente na capacidade de alcance e multiplicação de estruturas de base da sociedade civil, os projetos desenvolvidos pela OIKOS sobre a temática do TSH pretendem:
- aumentar o nível de conhecimento geral da população sobre o fenómeno do tráfico de seres humanos e exploração laboral;
- reforçar a capacidade de intervenção de grupos sociais específicos da Sociedade Civil ao nível da prevenção e combate ao tráfico humano;
- promover a mobilização e ativismo locais em torno da causa da prevenção e combate ao tráfico de pessoas, exploração laboral e discriminações múltiplas.

menu

II
A OIKOS CONTRA O TRÁFICO
DE SERES HUMANOS


PÚBLICO-ALVO


I A intervenção OIKOS contra o TSH tem vindo a abranger públicos distintos, de acordo com a especificidade de cada projeto desenvolvido. Entre eles estão, nomeadamente, os seguintes:
- Contexto Educativo: Docentes, Estudantes do Ensino Superior, Estudantes do Ensino Secundário e Estudantes do 3º Ciclo do Ensino Básico
- Contexto de Ação e Intervenção Social: Autarcas, Dirigentes e Técnicos Sociais, Forças da Autoridade, Inspetores do Trabalho, Técnicos de Saúde e Técnicos que atuam na área do TSH
- Contexto Empresarial: Dirigentes e Técnicos de associações empresariais; Dirigentes e Técnicos de sindicatos, Empresários e Técnicos de Recursos Humanos
- Contexto Associativo: Dirigentes e Membros de Associações Juvenis
- Contexto das Comunidades Civis Locais: Jovens, População em geral

menu

II
A OIKOS CONTRA O TRÁFICO
DE SERES HUMANOS


TERRITÓRIOS


I A OIKOS Norte implementa a sua ação contra o Tráfico Humano e a Exploração Laboral em toda a extensão do Distrito de Braga.

menu

II
A OIKOS CONTRA O TRÁFICO
DE SERES HUMANOS


DURAÇÃO


I A Delegação Norte da OIKOS iniciou o seu trabalho nesta área em 2010 e terá atividades em curso, pelo menos, até dezembro de 2018, altura em que termina o novo projeto (In)Forma-te sobre o Tráfico de Seres Humanos e a exploração laboral, agora em curso.



menu

II
A OIKOS CONTRA O TRÁFICO
DE SERES HUMANOS


PROJETO (IN)FORMA-TE


I Este novo projeto OIKOS surge com o objetivo de reforçar o papel ativo da sociedade civil, em especial dos jovens, das entidades educativas e das associações juvenis do Distrito de Braga na prevenção do tráfico de seres humanos e da exploração laboral.

Estará em curso de dezembro de 2016 a dezembro de 2018 e representa uma expansão da intervenção OIKOS NORTE nesta área, não apenas a nível territorial (abrangendo agora todo o distrito de Braga) mas também no que respeita os contextos de atuação, alargando a sua ação ao Ensino Superior e ao Mundo Associativo.

As principais atividades programadas no âmbito desta iniciativa são as seguintes:

- Realização de uma campanha distrital de sensibilização escolar contra o TSH;

- Produção e disseminação de materiais informativos e recursos técnico-pedagógicos sobre as temáticas do TSH e da Exploração Laboral, dirigidos a estudantes, docentes, membros de associações juvenis e público em geral;

- Ampliação do NecOIKOS - Núcleo de Educação para a Cidadania OIKOS, Constituição do Núcleo de Estudantes Universitários Voluntários contra o TSH e mobilização de ambos em iniciativas de prevenção e combate ao TSH;

- Dinamização de workshops (in)formativos sobre as temáticas do TSH e Exploração Laboral junto de docentes, membros de associações juvenis e estudantes do ensino superior;

- Dinamização de sessões de sensibilização sobre as temáticas do TSH e Exploração Laboral junto de estudantes do 3º ciclo do Ensino Básico e ensino secundário;

- Integração de ações de sensibilização sobre o TSH nos Planos de Atividades de Associações Juvenis;

- Promoção de oficinas de expressão artística sobre TSH e apresentação pública dos trabalhos desenvolvidos;

- Organização de um Seminário de partilha de boas-práticas entre projetos de intervenção no domínio do TSH em Portugal.