Private Area

Fim de projeto em Moçambique: alcançada melhoria da capacidade de resposta a desastres naturais

Wednesday, 01 February 2012 15:45

O projeto Prevenção de catástrofes naturais através de soluções de base comunitárias na área costeira em Mossuril e Mogincual, Ilha de Moçambique surgiu no quadro de uma parceria entre a Oikos e o Instituto Nacional de Gestão de Calamidades (INGC), órgão do Governo Moçambicano responsável pela resposta a desastres naturais, e a associação LUARTE - Arte, Cidadania e Transformação Social, organização não-governamental para o desenvolvimento Moçambicana, ambos parceiros da Oikos em Moçambique desde 2008.

Concluído no final de 2011, o projeto foi elaborado no contexto das intervenções de redução de risco de desastres que a Oikos tem vindo a implementar em Moçambique desde 2008, logo após a passagem do ciclone "Jowke".

 

Em conjunto com os parceiros locais, as iniciativas desenvolvidas contribuíram para a melhoria da capacidade de resposta a desastres naturais das comunidades da área costeira de Nampula através da proteção de reservas de alimentos, fontes de água e habitações; como também desenvolveram um sistema terrestre e marítimo de alerta precoce, a nível distrital e interdistrital, articulado a nível provincial entre Ilha de Moçambique, Mossuril e Mogincual.

 

Para além disso, minimizou-se a dependência destas comunidades face aos recursos externos e, ao mesmo tempo, melhoraram-se as competências para as comunidades se articularem a nível municipal e distrital, aumentando não só a sua capacidade de prevenção, como também de resposta aos desastres naturais que ocorrem.

 

As principais iniciativas realizadas durante o projeto consistiram na construção de silos de grãos familiares resistentes a ciclones; na implantação de ferramentas que permitem a proteção das fontes de água nas comunidades; no reforço das infraestruturas de habitação; e na promoção do conhecimento comunitário sobre desastres naturais entre as populações beneficiárias.

 

Foram também elaborados Sistemas de Alerta Precoce (SAP); ministradas formações para os atores envolvidos; instituídos elementos fixos dos SAP; e foram realizados testes de simulação dos Sistemas de Alerta Precoce.

 

1.273 pessoas foram beneficiadas directamente por este projeto, multiplicadoras de estratégias de preparação e gestão de risco nas suas comunidades, e que indiretamente beneficiaram 39.200 pessoas. Este projeto teve o co-financiamento da Comissão Europeia (ECHO).

See the Project:

  

ModeloAnuncio EmergenciaMZ19_meiapg

Where to find Oikos

We work with communities in poorer countries and regions, promoting public health, food, water, sanitation and education.

Where we are...
Where we were...
 

Follow Us

 

Actions and Events

July 2019
S M T W T F S
30 1 2 3 4 5 6
7 8 9 10 11 12 13
14 15 16 17 18 19 20
21 22 23 24 25 26 27
28 29 30 31 1 2 3