Área Reservada
 
Cuba 1 1

Nicarágua

Área total: 130.370 Km2
População: 5,6 milhões
IDH rank: 115; IDH valor: 0,565
População abaixo da linha de pobreza: 48%
PIB per capita: 2.900 USD ppp
Esperança de vida: 73,8 anos
Taxa de analfabetismo M: 32,2%
Taxa de analfabetismo H: 32,8%
Taxa mortalidade infantil: 22,64‰
Taxa de fertilidade: 2,12 crianças/mulher
Acesso a água potável: 77%

Nicarágua

 A Nicarágua é um dos países mais pobres da América Latina, fazendo parte dos Países Pobres Altamente Endividados (HIPC). Em 2002, o Banco Mundial e o FMI aprovaram o Reforço da Estratégia para o Crescimento Económico e Redução da Pobreza (RSEGRP), tendo o governo apresentado nesse mesmo ano a Estratégia Nacional para o Desenvolvimento, como complemento da RSEGRP.

 

Este plano tenta fazer face a alguns indicadores preocupantes, tais como a taxa de desemprego, que atingia em 2002 os 20%, as notórias desigualdades de género, sendo que as mulheres trabalham mais horas, sendo remuneradas com valores inferiores aos dos homens, e a distribuição da população, com cerca de 55% a residir em zonas urbanas.

 

O ano de 2005 funcionou como um período de avaliação dos esforços feitos em relação aos diferentes ODM, tendo sido delineadas novas medidas a seguir durante os próximos dez anos.

A análise dos objectivos de redução da mortalidade infantil e materna, bem como a criação de condições que permitam um melhor funcionamento e maior confiança nos serviços de saúde, permitem verificar que: a mortalidade infantil foi reduzida entre 1990 e 2003, de 52 para 30 casos em cada 1000 nados-vivos; aproximadamente 85% das mulheres grávidas tiveram acompanhamento especializado durante este período; a malária teve uma regressão entre 1997 e 2001, de 915 para 201 casos por cada 100 mil pessoas.

 

Positiva tem sido também a evolução dos dados relativos ao aumento das matrículas no ensino primário (82%) e à taxa de alunos que concluem o 5º ano (54%), o que resulta num aumento dos índices de literacia no grupo etário entre os 15 e 24 anos (73,2%).

Menos positivo tem sido o combate à pobreza, que atinge 80% da população da Nicarágua e 46% de modo extremo, e o fomento da equidade de género, que continua a estar longe de ser uma realidade, apesar de um aumento para 20% no que diz respeito às mulheres com assento parlamentar (ODM 1 e 2, respectivamente).

 

Fonte: Human Development Report - UNDP; The World Factbook; Human Development Report - UNDP

  

ModeloAnuncio EmergenciaMZ19_meiapg

A Oikos no Mundo

Trabalhamos com comunidades de regiões e países mais pobres, promovendo a saúde pública, alimentação, água, saneamento e educação.

Onde estamos...
Onde estivemos...
 

Siga-nos

 

Participe em Ações e Eventos

Maio 2019
D 2a 3a 4a 5a 6a S
28 29 30 1 2 3 4
5 6 7 8 9 10 11
12 13 14 15 16 17 18
19 20 21 22 23 24 25
26 27 28 29 30 31 1