Área Reservada

Projectos Acção Humanitária

O projecto enquadra-se no âmbito da resposta humanitária à catástrofe natural que devastou o Sudoeste Asiático no dia 26 de Dezembro de 2004 e prevê o abastecimento de água potável, bem como a melhoria das condições de saneamento básico e meio ambiente, em 7 campos de deslocados.

Reabilitação de consultórios médicos de família, município Trinidad, Sancti Spiritus, afectados pelo furação Dennis 2005.

 

Data de Início: Jan.2006

Data de Fim: Mar.2006

Reabilitação consultórios médicos - Guama e Santiago de Cuba.

 

Data de Início: Fev.2006

O projecto de emergência para apoio à população de El Salvador afectada pela Tempestade Tropical Agatha tinha como objectivo fornecer assistência para a recuperação rápida das comunidades que maiores necessidades atravessaram.

Mais de 1000 famílias, cerca de 5500 pessoas, receberam kits com bens essenciais e foram distribuídos instrumentos e matérias-primas para apoiar a reactivação de actividades económicas e a recuperação de fontes de rendimento a pequenos agricultores e pescadores artesanais.

Foram também instalados tanques para abastecimento temporário de água potável nas comunidades beneficiárias e realizado apoio na reabilitação, limpeza e desinfecção de poços de água para uso comunitário.

 

O projecto de emergência para apoio à população de El Salvador afectada pela Tempestade Tropical Agatha já está a decorrer, pretendendo fornecer assistência para a recuperação rápida das comunidades que maiores necessidades atravessam.

Após a passagem da Tempestade Tropical, em Maio passado, cerca de 75% da população das comunidades inundadas perdeu as suas reservas alimentares, bem como os meios de subsistência, e não tem capacidade financeira para voltar a adquirir material de pesca e agricultura. Para além disso, muitas famílias ficaram expostas a problemas de saúde pois como consequência da tempestade os poços ficaram inundados e contaminados, o que dificulta o acesso a água segura para consumo e uso doméstico.

A Oikos apresentou de imediato um projecto de emergência à DG ECHO - Departamento de Ajuda Humanitária da Comissão Europeia, que foi aprovado e está já a ser executado em parceria com a organização salvadorenha FUNSALPRODESE.

Mais de 1000 famílias, cerca de 5500 pessoas, já receberam kits com bens essenciais e estão a ser distribuídos instrumentos e matérias-primas para apoiar a reactivação de actividades económicas e recuperação de fontes de rendimento a pequenos agricultores e pescadores artesanais.

Foram também instalados tanques para abastecimento temporário de água potável nas comunidades beneficiárias e  está a ser realizado apoio na reabilitação, limpeza e desinfecção de poços de água para uso comunitário.

 

Este projecto tinha como objectivos centrais a prevenção e preparação de catástrofes e o fortalecimento de actores sociais. Para isto, as acções desenvolvidas visavam contribuir para a redução do impacto causado pelos desastres naturais sobre a população vulnerável, melhorando a sua capacidade de informação, coordenação e resposta rápida a catástrofes.

Para alcançar isto, foi instalado um sistema micro-regional de informação, monitorização e alerta rápido estabelecido com enfoque em multi-ameaças; foi reforçada a capacidade de preparação local para desastres por parte das comunidades mais vulneráveis; reforçada a capacidade institucional de resposta a desastres, em coordenação com instituições Provinciais e nacionais de gestão de risco; foi disseminada informação sobre gestão de risco ao nível local, micro-regional e nacional, dentro do enquadramento de iniciativas de comunicação e sensibilização pública.

Este projecto de Emergência tinha como objectivo principal controlar a propagação de doenças e mitigar os prejuízos agrícolas causados pelo Furacão Stan nos departamentos de Ahuachapán (El Salvador) e Santa Rosa (Guatemala).

Para isto, as acções implementadas tinham como objectivo: água potável acessível para todas as famílias beneficiárias; vectores transmissores de doenças controlados nos três municípios beneficiados; cuidados médicos e medicamentos disponibilizados aos grupos mais vulneráveis nos 3 municípios beneficiados; 360 famílias beneficiadas com assistência técnico e um pacote de imputes agrícolas em 4 comunidades de Ahuachapán.

Planos Globais de Ajuda Humanitária a Favor da População Cubana (1994-2001).

 

Data de Início: 1994

Data de Fim: 2001

Este projecto de Acção Humanitária tinha como objectivo mitigar os efeitos da Depressão Tropical 16 nos Distritos do Valle e da Choluteca. Aas acções desenvolvidas visavam restaurar as condições de vida de 21 comunidades afectadas.

Para isto, 481 famílias recuperaram o acesso a água limpa; 608 famílias reiniciaram a produção agrícola; 10 comunidades recuperaram o acesso a serviços e potenciais fontes de rendimento; e 32 casas foram reabilitadas de acordo com os padrões de emergência.

Os distritos de Morrumbala e Mutarara, respectivamente nas Províncias da Zambézia e Tete, foram dos mais atingidos pelas cheias que atingiram Moçambique em Fevereiro de 2007 e que deixaram 285.000 pessoas sem casa e/ou meios de subsistência.

 

Em Dezembro de 2007 o nível das águas dos rios Zambeze e Shire voltou a subir e a provocar novas inundações. De acordo com dados do Instituto Nacional de Gestão de Calamidades (INGC), a maioria das 285.000 pessoas atingidas pelas cheias do início de 2007, voltaram a ser afectadas no final de 2008.

 

Este projecto visava contribuir para mitigar os efeitos das inundações em comunidades rurais no vale do rio Zambeze através do apoio ao reassentamento da população, e a melhoria do acesso sustentável a água e alimentação. Além disso, as famílias beneficiárias aumentaram a sua produção de alimentos; e foram fortalecidas as capacidades locais para mitigação de inundações futuras.

 

Foi realizada uma Campanha de Emergência em Portugal e, com o apoio da população portuguesa, foram angariados 10.546€ para este projecto.

 

Entre algumas das principais actividades desenvolvidas estão:

» Construção de poços em zonas de reassentamento.

» Instalação de bombas de água a pedal.

» Construção de canais de drenagem e poços manuais em zonas baixas.

» Distribuição de materiais agrícolas.

» Distribuição de árvores de fruto.

» Capacitações técnicas em agricultura e fruticultura.

» Introdução de técnicas de processamento e conservação de alimentos.

» Capacitação em gestão e redução de riscos de desastres naturais.

» Controlo de erosão das zonas afectadas pelas inundações.

» Formação em prevenção de riscos de desastres naturais em escolas.

 

Beneficiários: 4.000 famílias

Data de Início: Jul.2007

Data de Fim: Set.2008

Os beneficiários desta projecto eram pessoas que viviam nas zonas rurais mais remotas das Províncias de Yauyos e Cañete, no Departamento de Lima, afectadas pelo terramoto de 15 de Agosto de 2007. O terramoto provocou a destruição de habitações, e danificou seriamente os sistemas de abastecimento de água potável e de irrigação. Esta população dedicava-se à agricultura de subsistência, cultivando batata, milho, feijão e hortícolas, mas também alguns eram criadores de gado, em especial ovelhas e cabras. As acções desenvolvidas procuraram reduzir o impacto do terramoto garantindo o acesso a água potável, irrigação e abrigo de qualidade.

 

Beneficiários: 6.150 pessoas

Data de Início: Set.2007

Data de Fim: Mar.2008

  

Siga-nos

 

Participe em Ações e Eventos

Janeiro 2021
D 2a 3a 4a 5a 6a S
27 28 29 30 31 1 2
3 4 5 6 7 8 9
10 11 12 13 14 15 16
17 18 19 20 21 22 23
24 25 26 27 28 29 30
31 1 2 3 4 5 6