Área Reservada

Projectos Cidadania Global

Oikos promoveu entre Dezembro de 2008 e Maio de 2009, em Portugal, um concurso de Banda Desenhada da Comissão Europeia intitulado ""União Europeia e Cidadania"".

A iniciativa teve como objectivo a criação de uma Banda Desenhada que ilustrasse o tema da cidadania na União Europeia.

A terceira edição do concurso europeu de cartazes aconteceu entre Agosto e Dezembro de 2008. Desta vez o tema central era o da protecção infantil.

As crianças e os adolescentes europeus, dos 10 aos 18 anos, foram convidadas a conceberem um cartaz sobre o tema do direito à protecção das crianças na União Europeia.

O projecto "Mostra ODM: Cenários do Futuro" é composto por quatro exposições itinerantes:

Três exposições temáticas destinadas ao público em geral e constituídas por 11 painéis de grande impacto visual (sobre os temas:

Água e Desenvolvimento; Comércio Responsável; e Uma Questão de Género); e uma exposição global sobre os ODM "À Conquista dos Sonhos", destinada às crianças dos 6 aos 12 anos onde, de forma muito simples, se abordam as questões gerais relativas aos ODM. As exposições pretendem (in) formar, sensibilizar e mobilizar da sociedade civil, no sentido de se atingirem os oito Objectivos de Desenvolvimento do Milénio (ODM).

Concurso Europeu que tinha como objectivo central contribuir para a sensibilização dos jovens portugueses em torno da não-discriminação, através da sua participação no Concurso "A União Europeia e a Não Discriminação".

A participação de Portugal no concurso foi uma das mais significativas em toda a Europa, tendo merecido o primeiro prémio na categoria de 15-18 anos. Registou-se uma participação de 240 escolas, 27 associações juvenis e 6 jovens a título individual.

Os KITS ODM são um conjunto de diversos materiais sobre os Objectivos de Desenvolvimento do Milénio (ODM), para utilização em escolas ou grupos/instituições que trabalhem com crianças, adolescentes ou jovens. Entregues dentro de uma maleta conforme o público-alvo, contêm informação diversa sobre cada um dos ODM, bem como um enorme leque de actividades a desenvolver.

Entre os diferentes materiais didácticos destacam-se jogos pedagógico-didácticos, simulações, fichas de trabalho, DVD e jogos electrónicos. Ambos constituem ferramentas pedagógicas que, pela sua diversidade, permitem abordagens diferenciadas em diferentes percursos formativos.

A Oikos – Cooperação e Desenvolvimento promove desde 2006, em conjunto com a Representação da Comissão Europeia em Portugal, e no âmbito de uma rede de organizações parceiras europeia (Eurojeune – Propager) uma série de concursos europeus de cartazes, lançados pela Direcção Geral de Justiça, Liberdade e Segurança da Comissão Europeia.

A primeira edição destes concursos aconteceu entre Março e Maio de 2006, com o título "Concurso Europeu sobre os Direitos das Crianças.

Iniciativa de intercâmbio educativo e cultural para o desenvolvimento, promovida por um consórcio de ONGs europeias.

Tinha como objectivo central apresentar uma visão proactiva da sociedade civil organizada dos países do Sul, como protagonista na construção de alternativas políticas, económicas e sociais e na defesa dos direitos dos cidadãos, através do uso do audiovisual; e fomentar a incorporação de novos actores sociais europeus nas tarefas de sensibilização sobre o papel dos Movimentos e Organizações Sociais do Sul na redução das desigualdades nos países em desenvolvimento.

Entre os instrumentos criados e que permanecerão em circulação para além da vida do projecto, destaca-se um kit multimédia, integrado por 10 filmes documentários com temáticas do desenvolvimento e um guia pedagógico; e uma exposição itinerante, de grande formato, que serve de suporte a conferências/debate, acções de sensibilização ou ciclos de cinema documental.

Campanha de sensibilização proposta pela Oikos em Portugal que tinha como objectivo juntar-se ao GCAP – Apelo Global para a Acção contra a Pobreza, que arrancara em Setembro de 2003, durante uma reunião de organizações não governamentais em Maputo.

O GCAP é uma aliança integrada por coligações e campanhas, presentes em mais de 100 países, e que integram uma diversidade de grupos comunitários, ONG, sindicatos, organizações religiosas, e cidadãos, comprometidos na luta contra a pobreza. Em Portugal, a Campanha Pobreza Zero nasceu no mesmo dia em que foi lançado um apelo no jornal Público, assinado por personalidades nacionais e internacionais e dirigido ao Primeiro Ministro e ao Ministro das Finanças de Portugal.

Projecto de Educação para o Desenvolvimento que tinha como principal objectivo sensibilizar a opinião pública para as novas formas de trabalho escravo e, em especial, para o tráfico de seres humanos.

Dirigia-se aos estudantes das escolas secundárias, das universidades, aos professores, aos educadores, aos representantes de associações de profissionais, aos empresários, aos políticos e à sociedade civil em geral.

Dos instrumentos utilizados para esta grande campanha de sensibilização, estavam uma exposição itinerante; uma página web com informações sobre este tema; um ""guia"" que reproduzia a exposição e oferecia algumas sugestões didácticas; e actividades de formação.

Este projecto de Cidadania Global tinha como objectivos centrais promover junto da opinião pública portuguesa as potencialidades da Finança Ética para o desenvolvimento local e para a luta contra a pobreza em países do Sul;

defender a adopção oficial de um quadro legal junto do Governo e da classe política que apoiesse a criação e desenvolvimento de instituições e instrumentos financeiros éticos a nível local, regional e nacional;

e intermediar a criação de uma plataforma de cooperação entre entidades oficiais, instituições financeiras, empresas, ONG e outros actores sociais, individuais e colectivos, que apoie a implementação e consolidação de um sistema financeiro ético.

  

Siga-nos

 

Participe em Ações e Eventos

Março 2021
D 2a 3a 4a 5a 6a S
28 1 2 3 4 5 6
7 8 9 10 11 12 13
14 15 16 17 18 19 20
21 22 23 24 25 26 27
28 29 30 31 1 2 3