Área Reservada
  • Português

Projectos Concluídos

Intervenções em pequena escala de casas adaptadas/resilientes a serem concebidas e construídas na cidade de Pemba como iniciativas-piloto. 

Contribuir para o aprimoramento da resiliência ao desastre nas províncias de Nampula e Zambezia.

O bairro onde se realizou o projecto, antiga grande favela chamada Alagados, na periferia de Salvador, abrangia um terreno antigamente alagado que foi sendo ocupado com habitações precárias pelas populações mais pobres. O projecto pretendeu desenvolver diversas acções recreativas que produzissem integração no interior da comunidade alvo: encontros de formação, dias de estudos e oficinas sobre a cultura em geral, a arte, a história, o resgate das raízes culturais, os direitos de cidadania, as dinâmicas comunitárias e os valores democráticos mais fundamentais. O objectivo era produzir crescimento cívico e comunitário para o desenvolvimento integral da comunidade de Mangueira.

 

Data de Início: Nov.1996

Data de Fim: Nov.1997

Projeto multigeográfico em Guatemala, Honduras e Nicarágua. Tem como objetivo contribuir para a redução da violência contra as mulheres que vivem com VIH/SIDA. Em particular, pretende melhorar a situação social e jurídica das mulheres destes três países. 

Com a criação de micro-indústrias do sector agro-alimentar, o projecto tinha como objectivo a redução da pobreza através do aumento do rendimento familiar das comunidades, com o desenvolvimento de novas actividades comerciais que ainda não haviam sido exploradas, e que possam gerar receitas e empregos mais sustentáveis.

 

Neste sentido, estes "novos negócios" procuraram desenvolver uma gestão racional dos recursos naturais existentes, como também cultivos agrícolas alternativos. O projecto tinha nainda uma forte componente ambiental. Foram realizadas desde campanhas de educação ambiental para a população até actividades de limpeza urbana e colocação de diversos cestos de lixo em todo o Município. A actividade de maior impacto foi a construção de um aterro sanitário para a correcta deposição do lixo, de modo a minimizar o impacto da contaminação ambiental rural e urbana naquela região.

 

Foi também criada, em conjunto com a Câmara Municipal, a "UMA" - Unidade Municipal Ambiental. Esta Unidade é responsável por diversas actividades que estimulam uma boa gestão e uso racional dos recursos naturais existentes no Município. Entre muitas outras actividades, a UMA incentiva a recolha organizada de lixo nas comunidades beneficiadas, dando todo o apoio logístico e requisição gratuita de enxadas, carrinhos de mão e bidões para recolhas maiores.

Projetos de Saúde 2004

 

Província da Santiago de Cuba:

- Projeto de Melhoria da atenção médica no Município de Palma Soriano.

 

Cidade de Havana:

- Projeto de Melhoria dos serviços médicos do Hospital Pediátrico do Cerro.

 

Várias localizações em Cuba:

- Projeto de Colaboração entre a Associação Nacional Pública de Assistências (ANPAS – Itália) e a Oikos, a favor dos sectores mais vulneráveis da população cubana.

 

Ilha da Juventude:

- Projeto de Reforço da mobilidade dos médicos de família e sua capacidade de atuação nos casos de emergência na Ilha da Juventude.

Melhorar a saúde comunitária, a qualidade do ensino e as capacidades das famílias de 7 comunidades da Zona Tampão do Santuário Histórico do Bosque de Pomac.

A Oikos realizou, entre 2003 e 2004, vários micro-projectos de educação, recreio e cultura, em diferentes Províncias do país, orientados para adolescentes em risco. Nas Províncias de Huíla e Malanje, foi dado apoio educativo, cultural e recreativo; foram criados espaços de lazer para os adolescentes; prevenidas práticas sociais negativas; e foi realizada a integração dos ex-soldados adolescentes na vida civil.

Beneficiários: 20.305 jovens

Data de Início: Set.2003

Data de Fim: Abr.2004

Promover o acesso das pequenas e médias empresas pesqueiras e de camaronicultura à certificação de processos e produtos.

Este projecto de Acção Humanitária tinha como objectivo reabilitar as casas destruídas pelos furacões Gustav e Ike e, ao mesmo tempo, minimizar os riscos perante futuras ocorrências similares.

As acções desenvolvidas procuraram providenciar assistência multi-sectorial de recuperação e socorro de emergência para as vítimas do furacão com vista ao restabelecimento rápido das condições básicas de vida. Foram realibilitadas 650 estruturas de habitação de acordo com os padrões de emergência e, ao mesmo tempo, foram reforçadas as capacidades locais de gestão de risco nos municípios de Gibara e Rafael Freyre.

 

  

A Oikos no Mundo

Trabalhamos com comunidades de regiões e países mais pobres, promovendo a saúde pública, alimentação, água, saneamento e educação.

Onde estamos...
Onde estivemos...
 

Siga-nos

facebook1