A “comunidade-modelo” - Consolidação de soluções de base comunitária para a redução do risco de desastres nos distritos da Ilha de Moçambique e de Mossuril (2012-2013)

Os "efeitos colaterais" dos desastres naturais são imprevisíveis e incalculáveis, tanto a nível humano como a nível económico. Entretanto, na medida em que existem cada vez mais indicadores que permitem analisar estes impactos, também existem cada vez mais ferramentas para que estes sejam minimizados.

 

Este é o objetivo contínuo do trabalho da Oikos em Moçambique, relativamente à esta temática da Prevenção e Preparação de Catástrofes Naturais. Moçambique é um país onde a ocorrência de desastres naturais constitui uma grande barreira para um mais rápido desenvolvimento económico sustentável, devido aos danos que a ocorrência desses eventos extremos causa.

 

Este projeto surge no seguimento de outros dois projetos anteriores que a Oikos tem vindo a implementar, desde 2008, e pretende a consolidação, reforço e extensão das atividades, mas agora a outras comunidades. O grande objetivo é a minimização do impacto dos desastres naturais nas comunidades da região costeira de Nampula, na medida em que esta zona tem, na pesca, a principal fonte de alimento e rendimento para a maioria das famílias. Em complemento com o cultivo de algumas culturas essenciais, nomeadamente a mandioca, o feijão e o milho, a dependência da atividade pesqueira faz com que as famílias que vivem nestas zonas fiquem mais vulneráveis aos impactos causados por catástrofes naturais.

 

Em conjunto com os parceiros locais, será realizada a capacitação de diferentes atores sociais, incluindo famílias rurais e autoridades locais, a fim de reduzir a vulnerabilidade da população. Para isto, será promovida a integração da gestão do risco de desastres em atividades agrícolas, através da formação e apoio à agricultura de serviços, e da introdução de uma forma de cultivo que utilize sementes de ciclo curto, permitindo, desta forma, um aumento de produção.

 

Além disso, o projeto tem como forte objetivo o desenvolvimento de 6 (seis) comunidades-modelo de gestão de risco de desastres, localizadas na Província de Nampula, Distritos de Mossuril e Ilha de Moçambique, sendo elas: Jembesse, Tocolo (Ilha de Moçambique) e Ampita, Macone e Ramuntho (Mossuril).

 

Para isso, pretende-se a consolidação da rede de Sistema de Alerta Precoce (SAP), com a criação de 6 novos locais de gestão de risco de desastres, nestas comunidades, que contará com o apoio de atores-chave a nível nacional; para além do reforço do papel, capacidades e importância da existência dos chamados Comités Locais de Gestão de Risco (CLGR).

 

No total, serão beneficiadas 30.482 pessoas: 6 Colaboradores do Instituto Nacional Gestão Calamidades; 12 Técnicos dos Serviços Distritais de Actividades Económicas; 383 Membros dos CLGR; 3.481 Agricultores; 1.800 Estudantes / Professores; e 24.800 pessoas na população em geral.

 

Algumas das principais atividades deste projeto:

» Formação de técnicos e de agricultores em produção de sementes de ciclo curto e de produtos hortícolas em terrenos de planície, durante a estação seca;

» Introdução de sementes de ciclo curto e de produtos hortícolas;

» Criação, formação e equipamento de 6 novos Comités Locais de Gestão de Risco (CLGR)

» Formação de professores e alunos para a sensibilização comunitária e criação de grupos escolares;

» Atividades de sensibilização comunitária e recolha de informações;

» Desenvolvimento de planos de emergência e de resposta a catástrofes nas comunidades;

» Desenvolvimento de um exercício de Sistema de Alerta Precoce (SAP) em cada comunidade;

» Criação de 6 modelos de infraestruturas familiares resistentes e de baixo custo, incluindo habitações, silos para armazenamento de cereais e estábulos;

» Proteção das fontes de água comunitárias;

» Desenvolvimento de um modelo de construção escolar resistente a ventos fortes e sua apresentação às autoridades educativas.

 

Consulte também os 2 projetos anteriores: 

» Prevenção de catástrofes naturais através de soluções de base comunitárias na área costeira em Mossuril e Mogincual, Ilha de Moçambique - Dipecho II (2010-2011)

» Implementação de sistema de alerta e resposta comunitário aos desastres naturais na Ilha de Moçambique e nos Distritos de Mossuril, Moçambique - Dipecho (2008-2010)