Área Reservada
 
Portugal 1A40

Projeto em Portugal

 

 

Nº de Beneficiários: 215.100 pessoas

Data de início: Set.2011

Data de fim: Ago.2014

 

   

Mãos (Re)Forçadas: Contra o Tráfico de Seres Humanos e Exploração Laboral (2011-2014)

Numa lógica de complementaridade e fortalecimento dos objetivos fixados no projeto (Es)forçadas e (Des)iguais, surge, em Setembro de 2011, o projeto Mãos (Re)forçadas. Com o propósito de sensibilizar, (in)formar e mobilizar a população em torno dos fenómenos do tráfico de pessoas, da discriminação e da exploração laboral, este novo projeto incide nos concelhos de Braga e Póvoa de Lanhoso e contempla uma dimensão de intervenção centrada nas potencialidades da expressão artística enquanto motor para a mobilização e ativismo local em torno da causa da prevenção e combate ao tráfico de pessoas, discriminação e exploração laboral.

 

Na perspectiva da continuidade e alargamento geográfico de atividades previamente concebidas no (Es)forçadas e (Des)iguais, destaca-se o desenvolvimento de atividades dirigidas ao contexto escolar, designadamente, a dinamização de workshops (in)formativos dirigidos à população docente, alicerçada no Kit Pedagógico "Tráfico de Seres Humanos e Exploração Laboral – Estratégias de [In]formação, Sensibilização, Prevenção e Combate em Contexto Escolar", e a realização de ações de sensibilização para alunos(as) e formandos(as) sobretudo do ensino secundário.

 

Procurando ir ao encontro das necessidades localmente diagnosticadas, a par dos conhecimentos partilhados sobre a problemática do Tráfico de Seres Humanos (TSH), foi também concedida uma especial importância ao debate e à transmissão de informação sobre os passos e cuidados a ter para lograr um percurso emigratório informado e protegido junto dos(as) participantes que se encontravam a terminar o ensino Secundário, e que a breve trecho integrarão o mercado de trabalho nacional e/ou estrangeiro.

 

Os principais objetivos deste projeto, com previsão de execução até Dezembro de 2013, são:

» Promover o acesso a informação sobre a temática de tráfico, discriminação e exploração laboral relacionada com vulnerabilidade de género.

» Sensibilizar e reforçar a capacidade de ação/intervenção dos grupos vulneráveis sobre a temática da exploração laboral e discriminação, nomeadamente as mulheres migrantes.

» Reforçar a capacidade de intervenção estratégica dos 3 Núcleos Locais de Voluntários criados no âmbito do projeto "(Es)forçadas e (Des)iguais" para a interação, informação, sensibilização e influência pública (advocacia social) com atores locais e opinião pública.

» Desenvolver 2 novos núcleos de voluntários para interação, informação, sensibilização e influência pública (advocacia social) com atores locais e opinião pública.

» Promover a criação e dinamização de fóruns de trabalho com o objetivo de trocar conhecimentos e boas práticas entre ONG e/ou outras instituições no domínio do tráfico, discriminação e exploração laboral relacionada com vulnerabilidade de género.

» Contribuir para a criação de um ambiente favorável ao acolhimento das minorias, incentivando assim a sua participação ativa em processos de informação e consciencialização da sociedade civil em geral.

» Contribuir para o aumento da capacidade de intervenção da sociedade civil ao nível da prevenção dos fenómenos de exploração com base em discriminações múltiplas.


Pode também encontrar mais informações sobre este projeto em www.oikos.pt/traficosereshumanos


  

ModeloAnuncio EmergenciaMZ19_meiapg

Siga-nos

 

Participe em Ações e Eventos

Agosto 2019
D 2a 3a 4a 5a 6a S
28 29 30 31 1 2 3
4 5 6 7 8 9 10
11 12 13 14 15 16 17
18 19 20 21 22 23 24
25 26 27 28 29 30 31