Área Reservada
 
Honduras 5B13

Projeto em Honduras

 

 

 

Data de Início: Mar.2014

Data de fim: Fev.2017

   

Mulheres seropositivas centro-americanas a promover paz e uma vida sem violência (2014-2017)

Projeto multigeográfico em Guatemala, Honduras e Nicarágua. Tem como objetivo contribuir para a redução da violência contra as mulheres que vivem com VIH/SIDA. Em particular, pretende melhorar a situação social e jurídica das mulheres destes três países.

 

Afrontar a violência contra as mulheres que vivem com o VIH sem ter em conta o contexto mais amplo no qual se produz essa violência não trará resultados. É fundamental que o trabalho para eliminar a violência contra as mulheres com o VIH esteja vinculado ao trabalho destinado a construir e fortalecer as comunidades partindo da realidade local e cultural, especialmente no caso da população garífuna, presente nas Honduras.

 

A violência contra as mulheres com o VIH é parte de um sistema que tem a violência no seu centro e isso requer respostas mais amplas. Reconhecer que o círculo vicioso estigma-discriminação-violência de género-violação dos Direitos Humanos (DH) existe, não é suficiente para rompê-lo. Com este reconhecimento, o projeto se enfoca na mudança de atitudes e comportamentos quanto à comunidade através das ações de sensibilização em masculinidade e equidade de género, a trabalhar com os familiares das mulheres seropositivas e a população das suas comunidades, especialmente com os jovens, mediante atividades de comunicação alternativa.

 

Para tal, serão promovidos processos de empoderamento individual e coletivo interno das mulheres seropositivas em favor do diálogo político e a prevenção de violência na comunidade e na sociedade para a construção de uma "comunidade mais saudável".

 

Espera-se que, desta forma, as mulheres membros e a Comunidade Internacional de Mulheres com o VIH (CIM) estejam mais conscientes e fortalecidas, juntamente com os atores intermediários da sociedade civil, mediante a realização de atividades entre diferentes instituições, entre organizações feministas e organizações de mulheres com o VIH.

 

Por fim, serão ainda realizadas ações de sensibilização junto dos operadores de justiça no que se refere à temática da violência de género e mulheres seropositivas, para que estejam mais atentos e preparados para este tipo de realidade, dado uma maior incidência desta temática no sistema de justiça.

 

Com co-financiamento da Comissão Europeia, o projeto é realizado em parceria com a Fundación Llanto, Valor y Esfuerzo (LLAVES) e será realizado nas Honduras, Guatemala e Nicarágua no chamado "Corredor Atlântico Centro-americano": Honduras, departamentos de Cortés, Atlántida e Colón, concelhos de Puerto Cortés, Omoa, San Pedro Sula, Pimienta, Potrerillos, Cofradía, Tela, La Ceiba, Trujillo, Puerto Castilla, Tocoa, Saba; Guatemala, departamento de Izabal, concelhos de Livingston e Puerto Barrios; e Nicarágua, departamento de RAAS, concelhos de Laguna de Perlas e Bluefields.

Financiadores

  

ModeloAnuncio EmergenciaMZ19_meiapg

Siga-nos

 

Participe em Ações e Eventos

Maio 2019
D 2a 3a 4a 5a 6a S
28 29 30 1 2 3 4
5 6 7 8 9 10 11
12 13 14 15 16 17 18
19 20 21 22 23 24 25
26 27 28 29 30 31 1