Área Reservada
 
Cuba 5A24

Projeto em Cuba

 

 

Nº de Beneficiários: 25.187 pessoas

Data de Início: Fev.2011

Data de fim: Set.2015

   

AgroEnergia - Fomento de cooperativas agrícolas integrais agroenergéticas para contribuir ao desenvolvimento sustentável em zonas rurais de Cuba (2011-2015)

A procura por fontes de energia alternativas é cada vez mais frequente e necessária. Os efeitos que se têm vindo progressivamente a sentir provocados pelas alterações climáticas, acentuam a importância da sustentabilidade energética e ambiental enquanto urgente área de pesquisa e debate.

 

A Oikos, com actividades a decorrer em Cuba desde 1994, aposta num projecto inovador de Agroenergia, fomentando cooperativas agrícolas agroenergéticas.

 

A dependência energética em Cuba, devido à falta de recursos próprios, representa mais de 50% do seu orçamento. Por isso, uma das prioridades do país é a procura e exploração de fontes não convencionais de energia.

 

Indo ao encontro das necessidades em Cuba, o grande objectivo deste projecto é promover o aumento do uso e diversificação de fontes de energia renováveis, e contribuir para a sustentabilidade energética em zonas rurais através da criação de quintas agroenergéticas autosustentáveis.

 

Assim, será promovida a Agroenergia, ou seja, a conversão de energia a partir de cultivos agrícolas, com recurso a soluções tecnológicas inovadoras.

 

Este projecto constituirá uma experiência-piloto na qual se fomentarão modelos agro-florestais energeticamente sustentáveis, demonstrando que alternativas tecnológicas locais para a conversão de energia a partir de biomassa em cultivos agrícolas são eficazes económica, social e ambientalmente para melhorar as condições de vida nas zonas rurais.

 

Combinando a tecnologia e a inovação disponível, será promovido o desenvolvimento e adopção de tecnologias e infra-estruturas energéticas para uma diversificação e descentralização das fontes de energia. As bases deste projecto foram identificadas a partir de experiências positivas em importantes centros de pesquisa no país (e a nível mundial) no que respeita à produção sustentável de biocombustíveis através do cultivo de plantas oleaginosas não comestíveis - Jatropha Curcas L. -, bem como o emprego de biomassa para conversão de energia, principalmente o biogás.

 

Este projecto beneficiará directamente 1.020 pessoas de 7 cooperativas do município de Martí, que funcionarão como multiplicadores, atingindo um total de 25.187 pessoas habitantes desta região. De forma indirecta, estima-se que a acção beneficiará aproximadamente 684.319 pessoas, o correspondente à população total da província de Matanzas.

 

Com co-financiamento da Comissão Europeia, é realizado em parceria com as organizações Associación Nacional de Agricultores Pequeños (ANAP); e Estación Experimental de Pastos e Forrajes "Indio Hatuey".


Algumas das actividades que serão implementadas:

 » Reflorestação de 200 hectares de solos degradados, com cultivos intercalados.
 » Instalação e exploração de uma estrutura de produção de biodiesel.
 » Estabelecimento de um plano de substituição gradual do emprego de combustíveis fósseis por biodiesel.
 » Desenho e implementação de um projecto com a população local e as instituições do sector agro-pecuário e energético, de estratégias de desenvolvimento sustentável energético.
 » Desenho e implementação de um programa de capacitação em educação ambiental e intercâmbio de experiências.

  

ModeloAnuncio EmergenciaMZ19_meiapg

Siga-nos

 

Participe em Ações e Eventos

Agosto 2019
D 2a 3a 4a 5a 6a S
28 29 30 31 1 2 3
4 5 6 7 8 9 10
11 12 13 14 15 16 17
18 19 20 21 22 23 24
25 26 27 28 29 30 31